EUA aprovam testes com remédio contra malária para tratar Covid-19

Em um anúncio realizado nesta quinta-feira (19), o presidente Donal Trump informou que o departamento de Administração de Alimentos e Medicamentos dos Estados Unidos (FDA) aprovou testes com o medicamento cloroquina para tratar pacientes infectados pelo novo coronavírus. A droga, que geralmente é usada para tratar malária e quadros graves de artrite, passará por testes clínicos antes de ser amplamente adotada no tratamento da Covid-19.

“Vamos coletar dados e tomar as decisões corretas com base nesses dados sobre a segurança e a eficácia dos tratamentos”, disse Stephen Hahn, comissário da FDA, segundo a Forbes. “O importante também é não fornecer falsas esperanças. Podemos ter a droga certa, mas pode não ser a dosagem apropriada e causar mais mal do que bem.”

O anúncio veio após um novo estudo ser publicado no International Journal of Antimicrobial Agents. Segundo os pesquisadores, há evidências de que a combinação da cloroquina com um antibiótico conhecido como azitromicina seja realmente eficaz no tratamento do coronavírus SARS-CoV-2, diminuindo o tempo de contágio dos infectados.

Segundo os pesquisadores, o estudo considerou a evolução de 30 pacientes de Covid-19, dos quais uma parcela foi tratada apenas com cloroquina, outra parte com uma combinação do medicamento com o antibiótico, e uma terceira, que serviu como grupo controle, com nenhum dos medicamentos. Os resultados mostraram que, embora a coloroquina fosse eficaz por si só, quando combinada com azitromicina ela ainda funciona ainda melhor.

Revista Galileu

You Might Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *