Relógio do Apocalipse a três minutos da meia-noite face a riscos nucleares e do clima

O Boletim de Cientistas Atómicos decidiu adiantar em dois minutos o Doomsday Clock [relógio do Apocalipse] para as 23h57.

Este relógio marca agora três minutos para meia-noite, indicando que vivemos uma situação tão perigosa quanto a da Guerra Fria, o último período da história em que o ponteiro dos minutos esteve tão avançado.

relogio

O relógio do Apocalipse foi criado em 1947 para mostrar, simbolicamente, quanto tempo faltava para a civilização enfrentar uma catástrofe global.

É gerido por um boletim de cientistas que ajudaram a desenvolver a bomba atómica e conta atualmente com 18 prémios Nobel entre os seus diretores e patrocinadores.

Para atrasar o relógio, os especialistas indicam que o mundo deve parar de investir em armas nucleares.

Segundo o The Guardian, o acordo nuclear iraniano, as alterações climáticas, o terrorismo e a ciberguerra podem ter sido os fatores que motivaram esta decisão.

No anúncio de ontem, o grupo de cientistas justificou apenas que “os líderes internacionais estão a falhar os seus mais importantes deveres”.

Desde a sua criação, o relógio do Apocalipse viu os seus ponteiros moverem-se 22 vezes em resposta a acontecimentos mundiais.

via: http://www.noticiasaominuto.com/mundo/528122/acertado-relogio-do-apocalipse-faltam-3-minutos-para-o-fim

Please follow and like us:

Você pode gostar também

One thought on “Relógio do Apocalipse a três minutos da meia-noite face a riscos nucleares e do clima”

Deixe uma resposta