Anonymous declara ’guerra total’ contra Estado Islâmico, ‘Vamos encontrá-los’

O grupo de hackers Anonymous, que está envolvido na guerra eletrônica contra o Estado Islâmico, declarou “guerra total” contra o terrorismo depois dos atentados na França, prometendo detetar online cada apoiante do grupo terrorista.

A missão de identificar todas as páginas nas redes sociais que têm a ver com propaganda do terrorismo e recrutamento na Internet foi anunciada através do vídeo no YouTube que mostra um membro do grupo Anonymous vestindo uma máscara de Guy Fawkes, um símbolo do grupo, prometendo “lançar a maior operação de todos os tempos” contra o Estado Islâmico.

jjjj
“A guerra está declarada. Preparem-se”, disse o grupo no vídeo. “O povo francês é mais forte que vocês, será ainda mais forte em resultado destas atrocidades“.
Afirmando que usará as suas capacidades para “unir a humanidade”, o grupo avisou os terroristas sobre ciberataques em massa.

“[Os membros do] Anonymous de todo o mundo vão apanhar vocês”, disse o representante do grupo. “Têm de saber que iremos encontrar vocês e não deixaremos vocês ir embora”.

O Anonymous, a rede internacional de hackers, tem defendido as ciberfronteiras francesas depois do massacre na sede do jornal satírico francês Charlie Hebdo em Janeiro, conhecido como a campanha online #OpISIS.

 

Durante todo o ano, o grupo identificou milhares de páginas no Twitter que eram dirigidas pelos membros do Estado Islâmico.

O resultado do trabalho dos hackers foi a desativação de 149 sites ligados ao Estado Islâmico, de acordo com as informações mais recentes divulgadas pelo jornal Foreign Policy. O Anonymous também identificou cerca de 101 mil das páginas no Twitter e 5,9 mil vídeos de propaganda.

Nesta semana, o Anonymous anunciou que é capaz de encontrar a pista do grupo de hackers CyberCaliphate. Este grupo apoia o Estado Islâmico e dirige pelo menos 10 páginas do Twitter usando o único endereço IP do Kuweit.

Um hacker do Anonymous disse ao jornal Epoch Times que o tempo de existência das páginas de recrutamento no Twitter não é mais que 8 horas e depois são suspensas pelo Twitter. Mas, algum tempo depois, aparecem uma vez mais usando um outro nome mas o mesmo endereço IP.Enquanto o CyberCaliphate disse que está por trás de um leque de ciberataques, o representante do Anonymous disse que maioria dos ataques deste grupo islamista é falsa.

Leia mais: http://br.sputniknews.com/mundo/20151116/2765300/Franca-Anonymous-guerra-total-ciberatauqes-recrutamento-Estado-Islamico.html#ixzz3rgJTUqUI

Please follow and like us:

Você pode gostar também

Deixe uma resposta