Vereador lança projeto que proíbe chips em humanos para evitar “a Marca da Besta” como um sinal do apocalipse

Inspirado em um projeto que tramita na Câmara de Santa Bárbara d’ Oeste (SP), que proíbe chips em humanos para evitar “a marca da besta” como um sinal do “apocalipse”, o vereador André Henrique da Silva, o Tigrão (PMDB), protocolou uma proposta semelhante em Limeira (SP). Segundo o parlamentar, ele também quer proibir a implantação dos dispositivos para que as pessoas não sejam rastreadas pelo equipamento. O projeto de lei está em análise das comissões permanentes do Legislativo, que vão decidir se ele entrará em votação.

A justificativa não citimagesa o argumento inusitado de Carlos Fontes (PSD), mas o parlamentar afirmou que concorda com as ideias do colega e admitiu que a implantação dos chips pode ser uma profecia para o fim do mundo. “O argumento dele é mais religioso, o meu é mais relacionado ao monitoramento, mas eu concordo com ele. Isso é bíblico, esses chips representam o 666, ou seja, a marca da besta”, disse.

Tigrão afirmou ao G1 que a ideia de implantar chips em humanos tem sido trabalhada pela Organização das Nações Unidas (ONU) para que o dispositivo seja responsável por todas as atividades das pessoas, como viagens e compras, e que isso deixaria as pessoas monitoradas.

O vereador acredita que o equipamento não deve ser aplicado porque as pessoas passarão a ser controladas e censuradas.

“No Brasil não pode haver o cerceamento de locomoção, sendo um pais de homens livres, com direito a se deslocar pelo território nacional sem temer a possibilidade de repressão”, diz o texto da justificativa.

O vereador ainda defende que os chips podem causar risco aos moradores. “Se alguém for sequestrado e tiver um chip no braço, podem ter o braço arrancado por causa disso”, afirmou.

  • “Isso é bíblico, esses chips representam o 666, ou seja, a marca da besta”

Carlos Fontes, que é evangélico, foi categórico ao afirmar no texto do projeto que protocolou, em Santa Bárbara d’ Oeste, que o Apocalipse está próximo: “Tendo em conta que o fim dos tempos se aproxima, é preciso que as leis se antecipem aos futuros acontecimentos. Sendo assim, urge que se proíba a implantação em seres humanos de chips ou quaisquer outros dispositivos móveis que permitam o rastreamento dos cidadãos”. A proposta também ainda está em análise na Câmara e ainda não foi votada.

Mais polêmica

Tigrão foi suspenso em janeiro deste ano por quebra de decoro ao publicar uma piada na internet sobre a morte do candidato à presidência, Eduardo Campos (PSB). O parlamentar fez uma postagem em uma rede social, que mostra a presidente Dilma Rouseff (PT) com os dizeres “mandei derrubar mesmo e se reclamar mando derrubar o do Aécio”, no dia 13 de agosto de 2014, logo após a confirmação de que o candidato do PSB havia morrido em uma acidente aéreo, em Santos.

via:http://g1.globo.com/sp/piracicaba-regiao/noticia/2015/05/inspirado-em-projeto-contra-o-fim-do-mundo-vereador-quer-proibir-chips.html

Please follow and like us:

Você pode gostar também

Deixe uma resposta