Austrália convoca Europa a participar de ataques contra o EI

A ministra das Relações Exteriores australiana, Julie Bishop, pediu para que outros países da Europa se juntem na luta contra o Estado Islâmico no Iraque e na Síria.

A ministra afirmou na segunda-feira (31) que os ataques terroristas estão levando centenas de milhares de pessoas a buscarem ajuda na Europa, o que pode ser prejudicial aos países.

“Mais de 40% das pessoas que atualmente buscam asilo na Europa são da Síria. Precisamos de uma frente unida para derrotar as organizações terroristas responsáveis pelo deslocamento de muitas pessoas”, disse ela aos jornalistas durante um encontro em Sydney.

A União Europeia (UE) já começa a se preocupar com o número crescente de refugiados, tanto é que uma reunião foi marcada para o dia 14 de setembro em Bruxelas onde os representantes dos países europeus discutirão sobre a crise migratória.

Os Estados Unidos e outros países formam a frente que tem tentado combater os terroristas, mas para a chanceler australiana muitos outros países poderiam participar. “Há muitos outros países que podem apoiar os ataques aéreos que estão se mostrando eficazes para deter”.

Ao jornal The Australian Bishop reafirmou sua opinião a este respeito: “Os europeus devem se envolver nos ataques aéreos da coalizão e nos esforços na Síria e no Iraque”. Entre os poucos países europeus que participam da força militar contra o EI temos a França e Reino Unido.

A Austrália participa com seis aviões de combate e duas aeronaves de apoio, a base dos ataques está nos Emirados Árabes Unidos. Com informações G1

via:http://noticias.gospelprime.com.br/australia-convoca-europa-ataques-ei/

Please follow and like us:

Você pode gostar também

Deixe uma resposta