EUA vai remover monumento aos dez mandamentos, estátua satânica pode ser colocada

Neste exato momento meus olhos contemplam, admirados, uma notícia que trouxe choque!
Suprema Corte de Oklahoma manda que o monumento aos Dez Mandamentos do Capitólio do Estado seja removido… Para que os iramos tenham uma noção de localização, Oklahoma está localizado no chamado “Cinturão Bíblico” dos Estados Unidos, onde há forte influência das religiões.
Pesquisando rapidamente sobre a notícia (lida no site da FoxNews, link aqui: http://insider.foxnews.com/2015/06/30/co…la-capitol, relembramos uma outra noticia de meados de 2014 em que um grupo de satanistas tinha o intento de erguer um monumento a Baphomet e coloca-lo no gramado deste mesmo Capitólio, para honrar o senhor das Trevas.

Posteriormente, em Dezembro, eles mostraram a estatua quase pronta, em bronze. Segundo os idealizadores satanistas, a intenção era dispo-la no gramado junto ao monumento dos Dez mandamentos (uma afronta maligna)! Eles disseram que a estatua foi pensada para servir como testemunho da igualdade de representação de todas as religiões sob a lei dos EUA.!
Assistimos pasmados o declínio de uma nação que teve sua base cristã desde a fundação, mas que agora naufraga espiritualmente de uma forma absurda, abandonando e rejeitando o Único e Verdadeiro Deus!
Como já nos alertou décadas atras nosso amado e saudoso irmão o pastor David Wilkerson, que disse ter tido uma visão dada por Deus, em que ele via que os Estados Unidos da America estava mergulhado em um caldeirão de bruxa, e a mesma o mexia em suas aguas borbulhantes com uma grande colher…

 

O resultado não poderia ser diferente! A nação mergulhada em bruxaria, ocultismo, satanismo, paganismo, imoralidade… Abandonaram ao Senhor Deus Todo Poderoso, o Salvador e foram após os ídolos que causam a destruição e a ruína. Como já nos alerta a Palavra de Deus, por meio do profeta Oséias “Israel rejeitou o bem; o inimigo persegui-lo-á.” (Oséias 8:3)

 

 

VIA http://forum.antinovaordemmundial.com/

Please follow and like us:

Você pode gostar também

Deixe uma resposta