“Os EUA quer uma guerra sem pensar que a Rússia pode responder”

Legisladores norte-americanos que estão promovendo o fornecimento de armas para a Ucrânia não consideram as consequências catastróficas de tal decisão, incluindo uma provável reação de Moscou, dizem alguns especialistas.

“Não há dúvida de que esta é uma ferramenta de guerra meditada contra a Rússia”, disse Eugene Rumer, diretor de programas para o estudo da Rússia e da Eurásia, do fundo Carnegie para a paz internacional, entrevistado pelo Sputnik.

Segundo o especialista, os defensores do fornecimento de armas para a Ucrânia estão tão focados em liderar uma guerra contra Moscou com as mãos do Exército ucraniano controlado de maneira remota a partir de Washington, eles não consideram as possíveis reações da Rússia.

Ajuda militar deste tipo poderia ser descrito como um ato de agressão do Ocidente contra a Rússia, argumenta o analista da Brookings Institution, Jeremy Shapiro.

“Estamos preparados para uma guerra contra uma potência nuclear por causa da Ucrânia?”, Disse o analista.

via: http://www.ultimosacontecimentos.com.br/

Please follow and like us:

Você pode gostar também

Deixe uma resposta