Exclusivo: Dilma pagou 300 milhões de doláres pelo título da Copa das Confederações

Encurralada
pela mídia imparcial e pelos homens bons, a búlgara usurpadora, num lance de
desespero, usou as reservas do fundo soberano para comprar o título das Copas
das Confederações, na vã tentativa de salvar seu pífio mandato e reverter o
desagrado popular com a realização da Copa de 2014 no Brasil. O valor foi
acertado com um dirigente da entidade máxima futebolesca mundial e depositado
na última sexta-feira em sua conta numerada na Suíça, já descontado os
tradicionais 10% pagos ao dirigente brasileiro que intermediou a transação,
senhor Ricardo Ferreira.
Com
isso, o escrete espanhol já entrou em campo sabendo que deveria perder, e com
máxima eficiência foi logo cedendo um gol para o time canarinho, que pela
incompetência, se assim não fosse, seria capaz de fazer vários gols contra,
perdendo o jogo, visto que a equipe conta com vários pernas de paus, e é
dirigida por dois incapazes.

Beneficiada
com uma parte do dinheiro e com futuros títulos comprados na Europa, a Espanha
aceitou e seguiu o script maléfico dilmista, se auto-impondo uma triste
derrota, para o delírio das massas brasileiras, numa página negra que ficará
marcada para sempre na história do esporte como um dos pontos mais baixo das
disputas desportivas internacionais. O Futebol está de luto, só nos resta uma certeza,
Aécio Neves é o campeão moral dessa copa de manifestações.
Please follow and like us:

Você pode gostar também

Deixe uma resposta