Defesa da vida – Elba Ramalho Revela Perseguição Sofrida pelo Governo

Surpreendente este vídeo da Elba Ramalho, onde ela conta o boicote
que sofreu do governo petista quando ela decidiu se engajar na defesa da vida,
cantando em um evento pró-vida em Brasília. No evento, ela cobraria apenas o
cachê dos músicos. Abrindo um parênteses, muito diferente de outros artistas
hipócritas, como a Daniela Mercury, que cobrou 130 mil reais para defender sua
própria “causa” na parada gay em São Paulo, ou a Ivete Sangalo, que
cobrou 650 mil reais para inaugurar um hospital no Ceará.

Elba afirma que o próprio ministro da Cultura, Juca Ferreira,
telefonou para ela antes de cancelar a verba do evento, explicando que ele
próprio é contra o aborto, mas recebeu orientação para não apoiar a
manifestação.

Um ponto interessante no vídeo é que ela fala “as ….
patrocinadas por empresas poderosas, como a Rockefeller, a Mcart (?), a Ford,
….”. Se alguém puder transcrever o que ela fala, não entendi se ela
falou “ministras” antes de patrocinadas ou outra coisa.
Parabéns para a Elba, prova que temos ainda alguns artistas com
dignidade em nosso país.
Outro vídeo com uma entrevista onde ela também fala sobre o
assunto:

Please follow and like us:

Você pode gostar também

Deixe uma resposta