Ataque à Prefeitura de São Paulo: Quem é esse cara?

O
rapaz da foto acima é forte e bem fornido de músculos. Sinceramente, parece um
pouco fora do padrão dos que costumam ir às ruas lutar por seus direitos.
Sinceramente não parece ninguém do Movimento Passe Livre. E ontem vi alguns
outros rapazes parecidos com o da foto na marcha que saiu do Largo da Batata.

Eles
estavam sempre com alguma roupa branca e portavam bandeiras do Brasil. Alguns
tinham a bandeira amarrada na cintura e outros na cabeça, como uma bandana. Em
geral, cabelos curtos. E todos eram fortes. Típicos fortes de academia.
Claro
que entendi o que aquilo significava. Conversei com alguns amigos a respeito.
Podem atestar a minha preocupação ao menos três: Lino Bocchini, Bruno Torturra
e Gilberto Maringoni.
Não
sei se o garoto da foto é um deles. Mas seus atos precisam ser investigados.
A
direita no Brasil sempre entrou em movimentos para ou tentar desmoralizá-los ou
para mudar sua direção. A polícia sempre se utilizou de métodos heterodoxos
nesses tipos de situação. Os professores estaduais de São Paulo que o digam. A
presidenta da Apeoesp, Bebel, tem muito a dizer sobre o assunto.

Os
ativistas que estavam nas ruas estão atentos. E não tenho dúvida de que o
Movimento Passe Livre está preocupado com isso.
Mas
é hora de ir atrás da identidade desse rapaz. Quem é ele? Por que tanta volúpia
no ataque ao prédio da Prefeitura?
Outra
coisa, por que a PM que tem uma base ao lado do prédio do governo municipal não
apareceu na hora dessa ação violenta?
Uma
coisa é a PM não usar a violência contra manifestantes pacíficos. Outra é
facilitar a ação de provocadores e bandidos.

Please follow and like us:

Você pode gostar também

Deixe uma resposta