Central nuclear argentina entra em estado de alerta

A
central nuclear de Atucha 1, na Argentina, entrou em estado de alerta por haver
a possibilidade de existirem fissuras em sua estrutura. A Agência de Energia
Nuclear da Organização para a Cooperação Econômica e Desenvolvimento pediu a
inspeção dela e de mais 18 usinas de propriedade da empresa holandesa RDM. As
informações são do jornal Clarín.

A
companhia europeia, a qual não está mais em atividade, era responsável pela
central atômica belga que fechou há cerca de dois meses por apresentar
problemas estruturais que teriam decorrido de defeitos de fabricação.
Órgãos
ambientalistas denunciaram que a situação da usina da Bélgica pode significar
graves riscos às outras centrais e cobram uma posição do governo argentino
sobre Atucha 1. Segundo o Greenpeace, 22 milhões de pessoas moram em um raio de
300 quilômetros do complexo e poderiam ser afetadas por um possível acidente.
Fonte: Zero Hora
Please follow and like us:

Você pode gostar também

Deixe uma resposta