ATENÇÃO: Anatel autoriza e GEORGE SOROS será o novo DONO da INTERNET Banda Larga do Brasil!

Agora
o cerco vai se fechar para a internet brasileira!
O
dinheiro do globalista George Soros irá manipular e agilizar toda a politicagem
para controlar a internet!
Confira:
A
Anatel concedeu anuência prévia para a transferência do controle da operadora
de MMDS Sunrise ao fundo Quantum Partners, que é administrado pelo fundo de
investimento Soros Fund, cujos gestores são Robert Soros e George Soros.

Depois
de uma intrincada operação societária, o controle indireto da companhia passará
a ser compartilhado entre a Zaki Rakib, pessoa física, um dos atuais administradores
da empresa e a Quantum Strategic, empresa controlada pela Quantum Partners. A
agência aprovou a operação sem restrições e não colocou condicionamentos.
Outro
acionista é Fares Nassar, que no Brasil já esteve à frente da empresa Chello
(portal de Internet e conteúdos digitais) e da Terayon, que fabricava os
primeiros cable modems da Net Serviços, no final dos anos 90.
A
Sunrise é formalmente prestadora serviço de TV por assinatura por MMDS em
Araraquara, Barretos, Bebedouro, Campinas, Guaratinguetá, Mogi Guaçu, Monte
Alto, Porto Ferreira, Ribeirão Preto, São Carlos, São José do Rio Preto e São
José dos Campos, todas no Estado de São Paulo, e também é autorizada do Serviço
de Comunicação Multimídia (SCM) em âmbito nacional.
Mas
no segmento de TV paga, a empresa manteve ao longo dos últimos 10 anos uma
operação apenas pré-comercial, com algumas centenas de assinantes, apenas para
preservar sua licença e o uso do espectro. Apenas no ano passado, quando foi
adquirida pelos investidores Nassar e Rakib é que a empresa passou a ter um
plano estratégico de crescimento.
E
esse plano estratégico, segundo apurou este noticiário, não envolve TV por
assinatura. O foco, sobretudo com a entrada do fundo de Soros, que deve trazer
cerca de R$ 500 milhões ao grupo, é focar exclusivamente na banda larga, desde
que a Sunrise consiga ser dispensada da prestação do serviço de TV paga.
Aliás,
esta semana a empresa foi a primeira a ter sua outorga transformada em Serviço
de Acesso Condicional (SeAC). Ainda não se sabe se a Anatel aceitará a dispensa
do serviço de vídeo sem retirar as frequências do grupo, que pretende disputar
ainda o edital de 4G.
Regularidade
A
análise da área técnica mostra que a empresa apresenta regularidade fiscal, mas
a procuradoria observou que não ficou claro a análise da regularidade fiscal
relativa a outorga de SCM, que foi recentemente adquirida pela empresa. O
conselheiro-relator Jarbas Valente, explicou, que a consulta feita pela área
técnica junto à receita federal foi feita através do CNPJ da empresa que é o
mesmo para ambos os serviços.
A
anuência prévia da Anatel só pôde ser concedida porque a empresa entrou com
pedido de conversão da sua outorga para o SeAC, julgado pelo conselho diretor
por meio de circuito deliberativo no dia 17 de maio. E a lei do SeAC, por sua
vez, só permite que seja feita uma transferência de controle se a empresa
comprovar que está em operação, o que foi feito pela Sunrise. Além disso, na
análise da área técnica ficou comprovado que a empresa não tem participação em
empresas de radiodifusão ou produtoras e programadoras como veda a lei
12.485/2011.
Cade
O
conselheiro Jarbas Valente ressaltou que a Lei no 8884/94 (que foi substituída
pela nova Lei do Cade) determina à empresa solicitar, por meio da Anatel, a
apreciação do Cade de operações que possam limitar ou prejudicar a livre
concorrência. A Sunrise não fez essa solicitação e a análise da Anatel conclui
que a operação não coloca em risco a competição nos mercados onde a empresa
atua.
O
conselheiro Jarbas Valente, contudo, também determinou que a área técnica faça
uma análise concorrencial dos efeitos da transferência de controle a fim de
instruir ato de concentração ao Cade ou não.
Como
explicou a procurador especializado da agência, Victor Cravo, a operação está
sendo regida pelas regras anteriores à nova lei do Cade, já que ela foi
submetida à analise da Anatel antes da entrada em vigor da nova lei.
Fonte:
http://exame.abril.com.br e http://www.libertar.in/
Please follow and like us:

Você pode gostar também

Deixe uma resposta