Fim do Boicote: PepsiCo não usará células de bebês abortados como realçadores de sabor

A
organização Children of God for Life anunciou hoje a impressionante notícia de
que a PepsiCo não irá utilizar a linhagem de células fetais abortadas HEK-293
(rim embrionário humano) nos seus acordos contratuais com a Senomyx para
desenvolver realçadores de sabor em suas bebidas.

A
diretora executiva da Chindren of God for Life, Debi Vinnedge, aclamou a
decisão da PepsiCo como um grande avanço e uma conquista de milhares de
consumidores conscientes que boicotaram as bebidas da PepsiCo e escreveram para
a empresa desde maio do ano passado.
Em
uma carta enviada à Children of God for Life, o vice-presidente de políticas
públicas globais da PepsiCo, Paul Boykas, declara que a “Senomyx não irá
utilizar células HEK ou qualquer outro tecido ou linhagem de células derivadas
de embriões ou fetos humanos para pesquisas realizadas em nome da
PepsiCo”.
“Estamos
extremamente emocionados com a decisão da PepsiCo”, declarou Vinnedge. “Eles
escutaram seus consumidores e fizeram uma declaração sábia e profunda de
integridade como empresa que merece o máximo de respeito, admiração e apoio do
público”.
Em
conversa com Boykas, Vinnedge soube que a empresa realizou discussões internas,
reconhecendo que era um assunto altamente sensível e controverso que,
francamente, não condizia com as necessidades da PepsiCo.
“Levamos
o assunto muito a sério”, afirmou Boykas. “Temos uma declaração oficial de
pesquisa responsável, e pretendemos seguir suas regras”.
A
política impede qualquer pesquisa realizada pela PepsiCo ou empresas
terceirizadas de utilizarem tecidos humanos ou linhagens de células derivadas
de embriões ou fetos.
A
definição significa o imediato fim do boicote que se iniciou em maio de 2011,
uma notícia bem vinda tanto para a PepsiCo quanto para seus consumidores, que
se abstiveram de suas bebidas favoritas em protesto.
“Estamos
gratos à PepsiCo e principalmente a todos os que enviaram uma mensagem alta e
clara à diretoria dessa empresa. 
Cabe a nós agora monitorar de perto a situação
para ter certeza de que a PepsiCo irá manter sua palavra”, afirma Brad Mattes,
diretor executivo o Instituto Life Issues, uma das trinta e cinco organizações
pró-vida que se juntaram à Children of God for Life no boicote. “Existem
linhagens de células morais que a Senomyx pode usar, não apenas para pesquisas
da PepsiCo, mas para todos os seus consumidores”.
Senonyx
recebe royalties para produtos vendidos utilizando seus ingredientes. Se eles
não utilizam linhagens de células fetais, não ofendem ninguém; se ofendem,
certamente farão isso a pelo menos metade dos consumidores americanos que são
pró-vida.  Mas a Children of God for Life
também recebeu mensagens de mulheres que afirmaram ser pró-aborto, porém que
mesmo assim acreditavam que o uso de linhagens de células fetais havia passado
dos limites e também as deixava irritadas.
“Se
não houvesse outra razão, faria sentido financeiramente para a Senomyx e seus
colaboradores evitar uma perda considerável do seu potencial mercado”, afirma
Vinnedge. “Senomyx precisa parar completamente de utilizar linhagens de células
abortadas, e continuaremos pressionando-os para fazê-lo”.
Vinnedge
agora faz um forte incentivo ao público para tomar outro passo importante:
escreva para a PepsiCo e agradeça, depois vá comprar os seus produtos favoritos
da Pepsi para comemorar!
“Costumamos
focar muito nos aspectos negativos e nos esquecemos de tirar um momento para
deixar os outros saberem que apreciamos os seus esforços”, afirma Vinnedge.
“Esperamos sinceramente que o público mais uma vez se levante em massa para
ocasião assim como fizeram para o boicote, mas desta vez em agradecimento ao
apoio da PepsiCo”.
Please follow and like us:

Você pode gostar também

Deixe uma resposta