Senador americano publica livro no qual afirma: “a Bíblia mostra que o aquecimento global é uma farsa”

O
senador republicano James Inhofe é conhecido por defender a ideia de que o
aquecimento global nada mais é que uma farsa. Para defender essa ideia o
senador de Oklahoma publicou recentemente um livro intitulado “A Maior mentira:
Como a conspiração do aquecimento global ameaça o seu futuro” (The Greatest
Hoax: How the Global Warming Conspiracy Threatens Your Future).

Defendendo
que sua teoria é uma “inspiração bíblica”, Inhofe afirma que a ideia de que a
poluição feita pelo homem pode afetar o clima é “arrogante”, porque, como todos
sabemos, só Deus pode afetar o clima.
Para
fundamentar sua teoria o senador cita Gênesis 8:22 que diz: “Enquanto a Terra
durar sempre há de haver tempo de sementeiras e de colheitas, frio e calor,
Inverno e Verão, tal como há dia e noite”.
“A
arrogância das pessoas nos faz pensar que nós, como seres humanos somos capazes
de mudar o que está acontecendo com o clima é ultraje para mim”, enfatiza.
Segundo
o care2, Inhofe é também um ferrenho crítico de evangélicos que lutam contra as
alterações climáticas. O ex-vice-presidente da Associação Nacional de
Evangélicos, RichCizik,
é um dos líderes cristãos criticados pelo senador.
No
site The Great Warming (O Grande Aquecimento) Cizik afirma: “A crise da mudança
climática que acreditamos que esteja ocorrendo não é algo que podemos esperar
dez anos, cinco anos, ate um ano, para lidar. A mudança climática é real e
induzida pelo ser humano.
Exorto
uma ação imediata. E estamos dizendo que essa ação é baseada em uma visão
bíblica do mundo. Esgotamos os nossos recursos, danificamos nosso mundo pela
degradação ambiental, é uma ofensa contra Deus. Isso é o que diz as Escrituras.
Portanto, se quisermos ser obediente às Escrituras, não há tempo para esperar,
não há tempo para parar, não há tempo para deliberar”.
Inhofe
interpreta essas afirmações acusando Cizik de ser um liberal secreto, que
desistiu da “verdade sobre Deus pela mentira”.
Please follow and like us:

Você pode gostar também

Deixe uma resposta