Humorista Chico Anysio morre aos 80 anos no Rio

O
humorista Chico Anysio morreu aos 80 anos hoje, após 112 dias internado no
Hospital Samaritano, no Rio. De acordo com o hospital, o horário da morte foi
às 14h52.O
artista piorou no início desta semana e, na segunda (19), voltou a respirar com
a ajuda de aparelhos em período integral. No dia seguinte, teve uma complicação
renal.

Na
noite de quarta (21), ele foi submetido a uma sessão de hemodiálise e
apresentou instabilidade hemodinâmica –por isso, fez uso de alta dose de
medicamentos para controlar a pressão arterial. Seu estado foi considerado
crítico pelos médicos na manhã desta quinta.
INTERNAÇÃO
Chico
Anysio deu entrada no mesmo hospital em novembro de 2011 devido a uma infecção
urinária. Após ser tratado com um ciclo de antibióticos, recebeu alta para
passar o Natal com a família, mas voltou a ser internado no dia seguinte com
hemorragia digestiva.
Ele
chegou a respirar sem aparelhos no início de janeiro, mas voltou a piorar, teve
febre e permanecia sedado. Em fevereiro, foi diagnosticado com uma infecção
pulmonar, que estava sendo controlada com o uso de antibióticos.
Malga
Di Paula, atual mulher do artista, fez campanha contra o cigarro no Facebook na
semana passada. “[Chico] é uma das vítimas de uma geração desinformada,
que usava o cigarro por uma questão de charme”, publicou ela na rede
social.
HISTÓRICO
MÉDICO
Chico
Anysio já havia passado três meses no mesmo hospital no início de 2011, quando
deu entrada com falta de ar e foi detectada uma obstrução de artéria
coronariana. Ele foi submetido a uma angioplastia, procedimento que desobstrui
as artérias.
No
período pós-operatório, o humorista passou por diversas complicações, como
tamponamento cardíaco e pneumonia. Ele precisou de auxílio de máquinas para
respirar em vários momentos da internação, e foi submetido ainda a uma
traqueostomia.
Imagem: Folha.com.br
O
humorista esteve internado em outras duas ocasiões em 2010: em maio e agosto.
Na primeira, teve de tratar uma infecção respiratória.
Na
época, escreveu em seu blog: “Estou vivo e paciente, esperando a cada
telefonema que seja alguém da Globo, vestido de azul marinho, dizendo que
alguém da mesma cor quer me ver novamente na telinha”.

a segunda internação, em agosto, ocorreu por causa de uma hemorragia digestiva
e ele passou por duas cirurgias no intestino. A recuperação foi rápida e, em
setembro, Chico voltou aos palcos ao lado de Tom Cavalcanti no espetáculo
“Chico.Tom”.
Sua
saúde foi se debilitando ao longo da última década. Em 2000, Chico Anysio foi
internado com dores no peito. No ano seguinte, teve problemas pulmonares. Em
2006, foi internado duas vezes: primeiro, teve uma infecção respiratória, em
seguida, sofreu uma queda em casa na qual fraturou uma vértebra.
Em
2009, o artista fez uma participação na novela “Caminho das Índias”,
como o trambiqueiro Namit, pai de Radesh (Marcius Melhem). No ano passado,
recebeu o prêmio especial do júri no Festival de Cinema do Rio por sua atuação
no filme “A Hora e a Vez de Augusto Matraga”, dirigido por Vinicius
Coimbra.
Please follow and like us:

Você pode gostar também

Deixe uma resposta