Netanyahu pedirá a Obama que ameace Irã com ataque militar

O
primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, pedirá ao presidente dos
Estados Unidos, Barack Obama, no encontro que manterão na próxima segunda-feira
em Washington, que ameace publicamente o Irã com um ataque militar se o país
persa não frear seu programa nuclear, informa hoje o diário Ha’aretz.

Mapa
mostra os principais centros nucleares iranianos
Netanyahu
endurecerá o tom sobre o tema, que gerou notável “desconfiança” entre
os dois aliados por suas diferenças sobre o papel das sanções e o tempo de
espera requerido antes de bombardear o Irã, assinala o rotativo. Seu objetivo é
arrancar de Obama uma declaração pública mais belicosa que a repetida fórmula
“todas as opções estão sobre a mesa”.

Netanyahu
quer que Obama assegure de forma inequívoca que os Estados Unidos estão
preparando uma operação militar para o caso de o Irã cruzar determinadas
“linhas vermelhas”, aponta o diário com base em um alto funcionário
israelense que não foi identificado. Os preparativos para o encontro com
Netanyahu, um dia depois do que manterá com o presidente israelense, Shimon
Peres, estão sendo intensivos.

Ontem,
a Casa Branca propôs ao escritório do primeiro-ministro israelense que os
líderes emitam um comunicado conjunto após seu encontro para passar uma imagem
de unidade. A desconfiança mútua reinante se origina na percepção de que cada
administração está interferindo nos assuntos internos do outro país.
Israel
suspeita que Obama está tentando colocar a população israelense contra um
ataque ao Irã, enquanto na Casa Branca acredita-se que Netanyahu está usando
republicanos e o Congresso, onde são maioria, para pressionar Obama a dar sinal
verde ao ataque.
Please follow and like us:

Você pode gostar também

Deixe uma resposta