Ataque de bandeira falsa? Israel emite alerta generalizado de atentados

Os
serviços secretos israelenses e o escritório de luta antiterrorista emitiram
nesta sexta-feira um alerta generalizado de atentados e advertiram a população
a agir com cautela em qualquer lugar do mundo.
O
alerta foi divulgado por conta de informações recolhidas nos interrogatórios de
vários suspeitos detidos em Bangcoc e Nova Délhi, informou a edição eletrônica
do jornal Yedioth Ahronoth. “É importante que todos saibam que estamos
diante de uma série de atentados”, disse uma fonte dos serviços secretos
ao jornal.

Em
Nova Délhi, a mulher de um diplomata israelense ficou ferida no início desta
semana em um atentado com bomba contra seu carro, enquanto em Bangcoc o ataque
foi evitado pelos serviços de segurança após a explosão de um artefato na casa
que dois suspeitos tinham alugado.
Também
foi registrada outra tentativa de atentado em Tbilisi, capital da Geórgia, onde
o motorista do embaixador israelense percebeu que havia um objeto suspeito
encostado no carro.
Israel
acusa o Irã e o movimento libanês Hisbolá de estarem por trás desses ataques e
de outras tentativas de atentados perpetradas no mês passado, mas Teerã negou
participação nesses incidentes.
Segundo
fontes de segurança israelenses, as bombas foram fabricadas no mesmo
laboratório de Teerã e dois dos detidos em Bangcoc são de nacionalidade
iraniana.
O
escritório de luta antiterrorista, responsável por emitir esse tipo de alerta,
não mencionou nenhum país em especial e pediu a todos os israelenses no
exterior que não toquem em objetos suspeitos, não aceitem nada de desconhecidos
e estejam atentos às instruções dos organismos de segurança locais.
O
alerta também foi dirigido a organizações judaicas no mundo inteiro. Na
quarta-feira, o governo dos Estados Unidos pediu aos grupos judeus em todo o
país que adotem medidas de segurança.
Comentário
Semeando***
Tudo
indica que teremos uma false flag, um ataque de bandeira falsa partindo de
Israel ou EUA, para ter embasamento suficiente e com provas fabricadas a meu
ver, para acusar Irã de ter promovido os supostos atentandos terroristas.
As
evidencias sã bem claras e nítidas, os globalistas querem derrubar o presidente
iraniano a qualquer preço. Claro, a mídia de massa  nunca vai dizer a verdade, e certamente apoiará
a farsa dos supostos atentados praticados pelo Irã, o mundo vai comprar a
causa, e clamará por justiça, nesse momento o mundo se reunirá e elegerá
algumas nações para impedir o avanço das usinas iranianas que enriquecem urânio
para fins pacíficos até então alegando pelo seu presidente. 
Nesse contexto EUA
e Israel tomará o clamor popular, a guerra vai ser declarada, contudo, o Irã
não vai entrar nessa briga sozinho, China e Rússia são seus fieis escudeiros e vão
defende-lo com unhas e dentes.

  
Eu nuca vi um cenário apocalíptico causado por
uma guerra nuclear, nem você amigo, mas tudo indica que este cenário está mais próximo
dói que imaginamos

Please follow and like us:

Você pode gostar também

2 thoughts on “Ataque de bandeira falsa? Israel emite alerta generalizado de atentados”

  1. Eu amo essa "Democracia"!!!
    Libya era um pais muito "mal" o povo estava sendo "oprimido",
    A linda "democracia" chegou por lá, é agora sim, eles estão muito bem, suas cidades agora estão mais edificada a economia, essa pra que te digo, vai de vento em popa, tem mais união nas ruas de Bengasi, os posos de petróleo agora é mais bem administrados pela justiça. é essa a causa que precisa levar ao Iran, lugar de povo assassino, que cada dia bombardeia a franja de Gaza, Paquistão, Afeganistão, Irak, sem contar as outras barbáries que o "IRAN" esta fazendo no mundo. gracioso né?
    Por isso amo a democracia!!!!!!!!

  2. Minha nossa!!! as pessoas acreditam mesmo que democracia é sinônimo de liberdade!! Só queria que alguém falasse desde quando o interesse do Ocidente pelo Oriente é a libertação do povo oprimido??? Há coisas muito maiores por trás da generosidade americana e ninguém vê.Israel está calçada pelo gov. americano e se armando pra guerra,quando tudo começar a explodir não haverá democracia que fique de pé.

Deixe uma resposta