Obama faz alerta ao Irã: usará força militar para evitar que o Irã construa armas nucleares

Diante do risco de pronunciar seu último discurso sobre o Estado da União, na noite desta terça-feira, o presidente americano, Barack Obama, atacou seus dois dos maiores inimigos de sua reeleição, em novembro – a economia fraca e a insatisfação do eleitorado democrata com seu governo. No plenário do Congresso, Obama defendeu o aumento dos impostos sobre a renda dos mais ricos e a expansão de incentivos do governo ao preparo da mão-de-obra e aos setores de energia verde e da indústria de manufaturas.


A agenda externa foi sublinha com a ameaça, indireta, de uso da força militar para evitar que o Irã construa armas nucleares. Obama deixou claro que seu governo “não descartará nenhuma das opções sobre a mesa para alcançar esse objetivo”. Igualmente destacou que a retirada de tropas do Afeganistão continuará e indicou não ter dúvidas da queda, em breve, do regime de Bashar al-Assad, na Síria.


Comentário Semeando
Agenda externa? Poupe-me Obama de seus comentários estapafúrdios, você quiser dizer: A AGENDA GLOBAL DOS FASCISTAS E TIRANOS DA NOVA ORDEM MUNDIAL, que está em pauta a todo vapor, seu principal objetivo é retirar o Irã da jogada e seu líder posto pra correr, mesmo que para isso, seu governo diabólico construa uma hoax e venda ao povo,que provavelmente comprarão esta farsa, para que julgue se é necessário a tal ação militar contra o Irã, uma ação militar nesta altura do campeonato certamente resultará na 3° Guerra Mundial.
Please follow and like us:

Você pode gostar também

Deixe uma resposta