Irã ameaça bloquear exportações de petróleo se ONU aplicar novas sanções

O Irã fez ameaças nesta
terça-feira (27) que, se concretizadas, poderiam resultar em um novo conflito
militar no Oriente Médio. Segundo informações da agência iraniana de notícias,
Teerã pode fechar o Estreito de Ormuz caso os países ocidentais aprovem novas
sanções econômicas ao país. “Se o Ocidente impor sanções nas exportações
de petróleo iranianas, então nem uma gota de óleo sequer passará pelo Estreito
de Ormuz”, disse Mohammad Reza Rahimi, vice-presidente do Irã.

O Estreito de Ormuz é um
canal de 6,4 quilômetros entre Omâ e o Irã. É por esse estreito que o Irã
exporta mais de 450 mil barris de petróleo por dia para a União Europeia. Além
disso, pelo estreito também é exportada a maior parte do petróleo da Arábia
Saudita, Emirados Árabes Unidos, Kuwait e Iraque, e gás do Catar. Se o estreito
for fechado, a Europa enfrentaria escassez de petróleo e o preço do barril
subiria em todo o mundo. Além disso, a medida teria impacto econômico nos
países vizinhos, com crescente aumento de tensão na região.
A ameaça foi uma resposta
do Irã à intenção da ONU de aprovar novas sanções contra o país. A tensão entre
Irã e o Ocidente aumentou em novembro, quando um relatório das Nações Unidas
disse ter encontrado indícios de que Teerã estaria trabalhando em uma arma
nuclear. As lideranças iranianas negam, e dizem que estão desenvolvendo
tecnologia nuclear com fins pacíficos, apenas para geração de energia.
O Irã vem expandindo suas
atividades nucleares desde 2006, e foi criticado por não permitir a inspeção
dos reatores por membros das Nações Unidas. Desde então, o país já enfrentou
quatro sanções econômicas da ONU. 
Analistas acreditam que a melhor forma de
fazer o país abandonar aspirações nucleares seria impor sanções na exportação
de petróleo, principal atividade econômica do país, mas Rússia e China
bloquearam esse tipo de sanção.
A ameaça de fechar o
estreito foi feita durante um exercício militar da marinha iraniana na região,
que deve durar cerca de dez dias. Os iranianos estipulam que, se suas
exportações forem bloqueadas, o preço do barril de petróleo duplicaria. A
própria ameaça já resultou em um ligeiro aumento nos preços do barril de
petróleo negociados nas bolsas.
Fonte: http://revistaepoca.globo.com/
Please follow and like us:

Você pode gostar também

2 thoughts on “Irã ameaça bloquear exportações de petróleo se ONU aplicar novas sanções”

  1. Acho q esses camaradas estão "jogando" com a gente,hoje a notícia já era,iran diz ser desnecessário fechar estreito d ormuz,e eles estão"usando" o agente Alex jones para cairmos em seus jogos.Eu acredito q eles etão preparando alguma PRA NOS PEGAR DE SUPETÃO ,digamos assim.Isso tudo pode ser fachada,p vc ver,as coisas estão passando até na tv e jornaisda elite,siceramente acho q tem coisa por detráz dessas notícias( RUMORES DE GUERRA).Vamos ficar atentos à tudo,pois aq tem coisa viu!!!!

  2. @Anônimo

    Eu não acho que Alex Jones seja um agente da elite, e nem que eles estão brincando conosco e trolando com as informações, eu acho que não temos acesso 100% dos fatos reais que acontece neste mundo, por isso, este imbróglio todo. Lembre-se que a maioria da imprensa mundial tem sua programação controlada e manipulada pela elite global, portanto, para eles desmentirem um fato verídico é muito simples, o que devemos fazer e pesquisar em fontes alternativas como Alex e entre outros.

Deixe uma resposta