Preocupação por tempestades solares chega ao Comitê de Defesa do Parlamento Britânico

Lembrando que se houver
uma tempestade solar (geomagnética) muito forte (e está prevista) tudo que é
movido a energia elétrica será ‘queimado’… Desde satélites no espaço, aviões
no céu, até eletrodomésticos, e nesta lista também inclui todo tipo de
instalação nuclear. Imagine você, meses e até anos sem energia elétrica,
comunicação, transporte e etc? Até falta de água teremos, pois para que ela seja
tratada e distribuída, também precisa de eletricidade… Imagine a bagunça que
irá virar o mundo? Pois bem, esta ‘preocupação’ chegou ao Comitê de Defesa do
Parlamento Britânico… Veja a notícia:

“Devemos avisar a cada lar
para que preparem comida e água para um mês e é necessário que se preparem
centros regionais com reservas para a população”.
Declaração de Peter
Taylor, Ethos Consultancy:
“O público deve ser
informado dos seguintes preparativos de emergência:
– É necessário que se
habilitem centros regionais com reservas de comida e água para a população.
– Devem preparar veículos
capazes de resistir o EMP para garantir o funcionamento dos serviços públicos
mais essenciais (como alguns veículos de combate do exército).
– Devemos avisar a cada
lar para que prepare uma reserva de água engarrafada e comida não perecível
para um mês (com um correto guia sobre o que é necessário se preparar).
– Todo lar deve preparar
um sistema de emergência de cozinha a gás.
Todas estas medidas
ajudariam a aliviar de alguma forma o pânico e a desordem subsequente a uma
emergência com perda da corrente elétrica a longo prazo.
Finalmente há lições da
experiência de Fukushima para todo tipo de plantas industriais cuja segurança
depende de sistemas elétricos. No caso das plantas nucleares a falha da rede
elétrica causaria uma imediata queda de seus sistemas, tendo como a única
alternativa seus geradores diesel. Cada planta nuclear deveria contar com
reservas diesel para 3 meses.”
Assim se recolhe,
literalmente, nas atas de presença e análise de declarações efetuadas perante o
Comitê de Defesa do Parlamento Britânico que, como havia antecipado já Nova
Tribuna, está desenvolvendo desde setembro uma investigação oficial sobre os
riscos de um pulso electromagnético por “tempestade solar extrema” ou por
“ataque malicioso” contra as infraestruturas nacionais inglesas.Fonte:
http://www.nuevatribuna.es/articulo/medi…00836.html
Visto em:
http://agente2012.blogspot.com/2011/11/l….html#more
Armas de EMP serão
empregadas no campo de batalha, portanto os países envolvidos diretamente na
próxima grande guerra já devem estar estocando mantimentos, como o Irã.
Havendo um colapso do
sistema elétrico devido a alguma explosão solar pode nos deixar MESES sem
energia. Imagine viver sem energia elétrica. A água encanada depende de energia
elétrica para ser tratada e distribuída.
Existem pessoas que já
começaram a estocar mantimentos, melhor aproveitar o momento que o pânico não
existe para comprar, porque depois será o pandemônio.
Tradução: Guevara

Fonte:
http://forum.antinovaordemmundial.com e http://agente2012.blogspot.com/2011/11
http://www.libertar.in/2011/11/preocupacao-por-tempestades-solares.html#more

Please follow and like us:

Você pode gostar também

2 thoughts on “Preocupação por tempestades solares chega ao Comitê de Defesa do Parlamento Britânico”

  1. E acabei de ler no "radar Global"(painel de monitoramento Global)que mais um asteroide passará "raspando nossas cabeças"e seu ponto máximo de aproximação com a Terra é depois de amanhã!!!!a Notícia foi divulgada hoje e sem muitas informações porque a NASA só o descobriu recentemente, mais precisamente no dia 18/11.Duvido.

  2. @simone

    Eu fiquei sabendo deste asteróide, a sua pergunta é bem simples de responder: a NASA só “descobriu agora” porque ela não quis divulgar este fato para não gerar mais histeria e falsas especulações, eu acho que as informações desencontradas sobre o cometa Elenin traumatizarão alguns executivos da NASA, por ISS, estão mais precavidos.

Deixe uma resposta