Congresso dos EUA tenta impor censura global à internet

do Avaaz

Nesse exato momento, o
Congresso dos EUA está debatendo uma lei que pode conferir ao país o poder de
censurar a Internet do mundo inteiro — criando uma lista negra que pode ter o
YouTube, Wikileaks e até mesmo a Avaaz como alvos.

Sob essa nova lei, os EUA
podem forçar os provedores de Internet a bloquearem qualquer website que seja
suspeito de violar as leis de copyright e propriedade intelectual, ou que
falhem em policiar suficientemente as atividades de seus usuários. E, por conta
da maioria dos serviços de hospedagem de Internet estarem localizados nos EUA,
essa lista negra poderia reprimir a web livre para todos nós.

A votação pode acontecer a
qualquer dia, mas podemos ajudar a impedir isso — alguns membros do Congresso
querem preservar a liberdade de expressão e nos informaram que um clamor
internacional ajudaria a aumentar a força deles lá dentro. Vamos urgentemente
levantar nossas vozes de todos os cantos do mundo e criar uma petição global
como nunca antes vista, apelando para que os tomadores de decisão nos EUA
rejeitem esse projeto de lei e impeçam a censura da Internet.

Fonte: http://www.viomundo.com.br

Please follow and like us:

Você pode gostar também

6 thoughts on “Congresso dos EUA tenta impor censura global à internet”

  1. Precisamos avisar para a pessoa que escreveu essa matéria que você postou, que a "elite globalista" que já controla esse mundo todo, principalmente a mídia, jamais vai ouvir a voz dos que eles chamam de gado (nós, o povo).

    Veja os movimentos dos indignados no mundo inteiro…qual deles conseguiu alguma coisa até agora contra o sistema capitalista ? Nem sequer conseguem superar as barreiras policiais e se aproximarem de algum órgão dos governos mundiais ou da própria elite dominadora, isso quando não são presos é claro…só hoje nos últimos dias em NY foram mais de 300 pessoas !

    Essa é só mais uma carta do jogo iluminista para a implantação definitiva da NOM, até porque a Internet tem sido um grande canal de comunicação e de informação para todos nós.

    Os "direitos" do povo estão sendo tirados aos poucos e os únicos que sobram são os de pagar mais impostos para os políticos e banqueiros endinheirados.

    Só tem um que poderá ouvir os nossos gritos e clamores nos dias atuais…Ó Senhor dos Exércitos, como é feliz aquele que em ti confia! Salmos 84:12

    Provem, e vejam como o Senhor é bom. Como é feliz o homem que nele se refugia! Salmos 34:8

    Como é feliz o homem que põe no Senhor a sua confiança, e não vai atrás dos orgulhosos, dos que se afastam para seguir deuses falsos! Salmos 40:4

    Sil

  2. @Anônimo
    É obvio que eles querem censurar a internet porque sabem que a única forma de combatê-lo é por meio da informação, na mídia manipulada jamais, e sim na internet, que sem dúvida esta sendo uma ameaça ao governo globalista.
    Censurar a internet é cercear o direito de expressão e liberdade de cada indivíduo e como o foco do governo da NWO é a ditadura, nada melhor do que iniciar com a censurar da internet, agenda rola solta!

  3. Eu ainda gostaria de acrescentar que se os illuminates preparam algo para o ano que vem ou sabem de algo que irá suceder a partir de 2012 preparem se para ver sites e blogs bloqueados!!!!!não irão deixar que nenhuma informação chegue até nós.

  4. O mundo já é do maligno.

    Não há como lutar contra a maior profecia de todos os tempos, Jesus está voltando, e quando ela se cumprir, passarão sete anos de tribulação. O que os iluminates, a maçonaria, ou qualquer outro grupo do mal estão fazendo é simplesmente "a cama do gato" , isto é "a cama do anticristo". Em Apocalipse está escrito que as palavras que estão naquele livro não hão de passar; elas um dia vão acontecer. E os preparativos já começaram.

  5. Ora, o intuito é bloquear sites que violam os direitos autorais, e sites que ignoram sua proteção, estão corretos em impedir este tipo de crime. Não vi nada a respeito de censurar o livre arbitrio, apenas o incorreto perante a Lei. Não devemos confugir liberdade com irresponsabilidade.

Deixe uma resposta