Você conhece o Cometa Garradd?

Enquanto a
maior parte das pessoas discute se o minúsculo cometa Elenin vai resistir à
passagem pelo periélio, outro objeto, muito mais brilhante está passando quase
despercebido pelo firmamento. Trata-se do cometa C/2009 P1 Garradd, que pode
ser visto de qualquer lugar do mundo!

Ao contrário do cometa C/2010 X1 Elenin, que vem chamando a
atenção de todo o planeta por seus supostos poderes mágicos, C/2009 P1 Garradd
está passando praticamente incógnito pelos céus, mesmo sendo facilmente observado
até com um binóculo ou luneta de pequeno porte, desde que se saiba para onde
aponta-la.
Descoberto em agosto de 2009 pelo astrônomo Gordon Garradd a
partir de observações feitas em Siding Spring, na Austrália, C/2009 P1 é um
cometa do tipo não-periódico (o código “C/” em seu nome indica isso),
localizado atualmente a 219 milhões de km da Terra e 312 milhões de quilômetros
do Sol. Seu brilho estimado é de cerca de 7 magnitudes, ligeiramente acima do
limiar da visão humana, mas à medida que se aproxima do Sol seu brilho aumenta,
devendo atingir a magnitude 6 em fevereiro de 2012.
Localizado entre as constelações de Hércules e Vulpécula, Garradd
é um alvo fácil de ser localizado se o céu de sua cidade estiver bem escuro.
Nos próximos três dias o cometa pode ser encontrado às 20h50 BRT no quadrante
norte, acima do azimute de 346 graus com 46 graus de elevação.
Devido à presença da Lua, a visualização do cometa poderá ser um
pouco prejudicada nestes dias, mas a partir da próxima semana, sem a luz intensa
do nosso satélite a observação de Garradd estará bem mais facilitada. No
momento, a cauda de C/2009 P1 atinge 4.5 milhões de quilômetros de comprimento.

Os
últimos cálculos mostram que o cometa deverá atingir o periélio em 23 de
dezembro de 2011, quando chegará a 230 milhões de quilômetros do Sol. A menor
distância da Terra, o perigeu, ocorrerá em 5 de março de 2012, quando Garradd
atingirá 180 milhões de km de distância.
A
carta celeste acima mostra a posição de C/2009 P1 no quadrante norte da cidade
de São Paulo, mas pode ser usada como referência para observações em outras
cidades, bastando localizar as constelações indicadas.
Para
facilitar a vidas dos interessados, nos próximos dias o Apolo11 estará plotando
a localização de Garradd dentro do aplicativo “Planeta Fácil”,
tornando mais fácil observar esse cometa, que a cada dia chama mais a atenção
dos amantes do firmamento.
Bons
céus!

Fotos: No topo, cometa C/2009 P1 Garradd registrado pelo astrofotógrafo Rogelio
Bernal Andreo, no momento em que desfilava pela constelação de Vulpecula,
emoldurado pela Via Láctea. Acima, carta celeste ajuda na localização do
cometa. Créditos: Nasa/Apod, Rogelio Bernal Andreo, Apolo11.com.
Please follow and like us:

Você pode gostar também

Deixe uma resposta