CUIDADO: O Facebook sabe tudo (ou quase) sobre você

Grupo
europeu conseguiu o material elaborado pela rede social sobre uma internauta, e
o publicou. São quase 900 páginas de informações.

O
Facebook sabe quem te cutucou. O Facebook sabe que máquinas você usa. O
Facebook sabe para quais eventos você foi convidado. O Facebook sabe disso e
muito mais.

A
prova de que a rede social talvez saiba demais partiu de um grupo de usuários
denominado “Europe
X Facebook
”. Graças a uma lei da União Europeia – que dá a cada cidadão o
direito de solicitar a quaisquer sites as informações que eles possuem dele –
eles descobriram o que, afinal, a empresa de Zuckerberg guarda sobre cada
usuário.
A
fim de exemplificar do que estavam falando, o grupo publicou um documento no qual a internauta
L.B. – que não teve o nome verdadeiro revelado por motivos óbvios – teve todo o
seu histórico no portal transcrito. São nada mais, nada menos, do que 880
páginas de informações das mais diversas, agregadas desde 2007, quando L.B. se
cadastrou no Facebook.
O
site da revista norte-americana Forbes investigou o arquivo e selecionou as
partes mais curiosas – ou perturbadoras. Constatou que a L.B. foi cutucada mais
de 50 vezes em quase quatro anos, sendo que “K.D.” foi quem mais
interagiu com ela dessa forma, principalmente em 2008. Soube quais computadores
foram usados para conectar-se à rede, com que frequência e, ainda por cima, que
outros internautas utilizaram a mesma máquina para entra no portal.
O
Facebook sabe não só quem são seus amigos, como também tem conhecimento de
quais contatos você não aceitou a amizade – e mesmo os que você excluiu
posteriormente. Mais grave ainda é que, segundo o grupo, que diz ter recebido o
alerta de alguns usuários, a rede social guarda as mensagens que você armazena,
mas também possui aquelas que você apagou.
A
maioria dos internautas sabe que os portais costumam guardar informações suas a
partir de cookies – arquivos trocados entre o navegador e o servidor de páginas
– deixados nas máquinas. Julian Assange, criador do WikiLeaks, já chamou o
Facebook de uma “máquina
de espionagem
”. Para Richard Stallman, “smartphones
são o sonho de Stalin
”. A questão suscitada pelo documento é que, se antes
os usuários desconfiavam do que as empresas guardavam sobre eles, agora eles
podem ter uma noção exata do quanto eles estão entregando.
Please follow and like us:

Você pode gostar também

2 thoughts on “CUIDADO: O Facebook sabe tudo (ou quase) sobre você”

  1. ATENÇÃO: Sua privasidade pode estar sendo invadida sem que vc perceba. Sua tv, rádio, aparelho de som, notebook, netbook, pc, celular etc. Qualquer aparelho destes pode ter imbutido um transmissor, que envia informações do seu cotidiano como o que fala e faz na frente da tv, pc etc. Nunca durma com a tv som ou rádio ligados na tomada. Se possível desligue o celular. Pare de escovar os dentes com pasta pois o fluor inibe nossa percepção de uma forma incrível. Se possível repasse esta informação. Isso não é uma brincadeira, sua privasidade esta em jogo!
    "a arte imita a vida" isso é uma menssagem subliminar que expõe esse fato.

Deixe uma resposta