Religiosos fazem protesto contra projeto que criminaliza homofobia

Religiosos realizaram nesta quarta-feira (1º) um protesto em frente ao Congresso Nacional contra o projeto que criminaliza a homofobia.
Eles temem que pastores possam ser punidos se condenarem a homossexualidade nas pregações.
Relatora do projeto, a senadora Marta Suplicy (PT-SP) disse, no entanto, que vai incluir um artigo que protegerá os cultos da criminalização.
O deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ) e a senadora Marinor Brito (PSOL-PA) chegaram a trocar insultos no Senado no mês passado após o adiamento da votação do projeto.
Marta concedia entrevista a emissoras de TV quando Bolsonaro se postou atrás da petista com panfletos “antigays” nas mãos, junto a outros deputados. Aos gritos, Marinor tentou tirar o grupo.
Ela entrou com representação contra o deputado na Procuradoria do Senado.
A Casa adiou a votação do projeto a pedido de Marta, que quer buscar consenso.
O PLC 122, que criminaliza a homofobia, está em tramitação no Senado e é chamado, no meio evangélico, de “lei da mordaça”.
A matéria prevê punições para uma série de preconceitos e discriminações, entre eles os que envolvem a comunidade LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais).
O projeto também quer punir quem “impedir ou restringir a expressão e a manifestação de afetividade em locais públicos ou privados abertos ao público” de casais do mesmo sexo, desde que essas manifestações sejam permitidas a heterossexuais.
Se aprovado no Senado, ele voltará à Câmara dos Deputados, onde teve origem, para mais uma avaliação.
Publicado: Folha . uol
Please follow and like us:

Você pode gostar também

3 thoughts on “Religiosos fazem protesto contra projeto que criminaliza homofobia”

  1. Todos tem o direito de serem livres e optarem o que desejam seguir, seja religião, sexualidade, partido político, preferência clubística, ou o que quer seja; sem que tal escolha interfira na vida dos demais.
    Acho que cada um tendo a liberdade de escolher o que achar o que é melhor pra sí mesmo, não interferindo na vida do próximo, ninguém mais deveria se meter. Deixem cada um escolher a melhor maneira para que vivam felizes!

  2. Deus condena o homosexualismo .
    querem mudar as leis como foi predito na biblia
    9 O quê! Não sabeis que os injustos não herdarão o reino de Deus? Não sejais desencaminhados. Nem fornicadores, nem idólatras, nem adúlteros, nem homens mantidos para propósitos desnaturais, nem homens que se deitam com homens, 10 nem ladrões, nem gananciosos, nem beberrões, nem injuriadores, nem extorsores herdarão o reino de Deus.
    1 Coríntios 6:9,10

    1. Amigo, mas infelizmente o público GLS não pensa dessa forma, vamos nos acostumar a ver coisas mais piores ainda.
      Até "igrejas" que pregavam contra a prática do homossexualismo estão se rendendo aos interesses desses grupos para serem mais "flexiveis" com este público. Fim dos tempos!

Deixe uma resposta