Lars von Trier declara-se nazista e diz entender Hitler

O diretor Lars von Trier (Anticristo) é fã de polêmicas, tanto em entrevistas quanto em seus trabalhos, mas nesta quarta-feira (18/5), o choque da imprensa em Cannes foi maior, segundo o Hollywood Reporter. Durante coletiva de seu novo filme Melancolia, o cineasta perdeu qualquer inibição e se definiu como nazista, além de falar que israelenses são “um pé no saco” e que entende e simpatiza com Adolf Hitler.

A avalanche de declarações, que poderia significar o fim instantâneo da carreira do diretor caso fosse feita nos Estados Unidos, veio após uma pergunta sobre suas raízes alemãs. Em sua resposta, ele disse: “Por muito tempo, eu pensei que era judeu e era feliz em ser judeu, então conheci a Susanne Bier (diretora judia de Em Um Mundo Melhor) e não era mais tão feliz. Foi quando percebi que, na verdade, eu era um nazista. Minha família era alemã. E isso me deu prazer. O que posso dizer? Eu entendo Hitler. Eu simpatizo um pouco com ele.”

Ele tentou se justificar em seguida: “Eu não quero dizer que sou a favor da Segunda Guerra Mundial ou que sou contra judeus (…), na verdade sou muito a favor deles. Todos os judeus. Bem, os israelenses são um pé no saco, mas…”. Durante sua fala, as atrizes Kirsten Dunst (Entre Segredos e Mentiras) e Charlotte Gainsbourg (A Árvore), que estão em Melancolia, olharam espantadas para o diretor, enquanto a sala de imprensa ficava dividida entre o choque e a risada, não sabendo se deviam levar a sério o que o dinamarquês falava.

Trier, que vem de uma família judia, também falou sobre seu cinema de forma dúbia. Para ele, Melancolia “pode ser ruim e há grande chance de nem valer a pena assistí-lo”. Além disso, ele brincou que seu próximo projeto com Dunst e Gainsbourg seria um pornô de três a quatro horas com “bastante sexo desconfortável”. Para finalizar, Trier foi perguntado sobre sua vontade de fazer um filme grandioso. “Sim, nós nazistas gostamos de fazer coisas grandiosas. Talvez eu posso filmar A Solução Final”, disse se referindo ao plano nazista de extermínio geral dos judeus.

A impressão final, dada pelo Hollywood Reporter, é que as risadas do diretor após as respostas evidenciaram que a entrevista foi uma grande piada.

Please follow and like us:

Você pode gostar também

Deixe uma resposta