Papa diz que instituição Familia está “Ameaçada”

O papa Bento 16 declarou que a instituição da família está “ameaçada”, durante a cerimônia neste domingo de comemoração do dia do Batismo do Senhor, celebrada na Capela Sistina do Vaticano.
“A colaboração entre a comunidade cristã e a família é necessária no contexto social atual, no qual a instituição da família está ameaçada por várias partes e tem de enfrentar muitas dificuldades em sua missão de educar na fé”, disse o papa.
Para Bento 16, “a perda de referências culturais estáveis e a rápida transformação à qual está submetida a sociedade tornam difícil a tarefa educativa”.
Por isso, “é necessário que as paróquias prestem apoio às famílias, pequenas igrejas domésticas, em sua tarefa de transmitir a fé”.
Durante a missa, o papa batizou 21 crianças, 13 meninos e oito meninas. Os pequenos são filhos de trabalhadores da Santa Sé e da Cidade do Vaticano e têm entre quatro semanas e quatro meses de vida.
Irmãos e familiares dos bebês foram os encarregados de levar as oferendas durante a cerimônia.
O papa ressaltou que com o batismo, os 21 pequenos “receberam o selo espiritual indelével”, que marca para sempre sua “pertinência ao Senhor” e os torna “parte viva” da Igreja.
“Para estas crianças começa neste domingo um caminho de santidade e de harmonização com Jesus, uma realidade que foi entregue como a semente de uma árvore esplêndida que é preciso fazer crescer”, disse o pontífice.
Encorajou aos pais que os eduquem na fé “para que cresça em cada um a semente da fé que hoje recebem e, assim, possam chegar à plena maturidade cristã”.
“A Igreja tem de encarregar-se, junto com os pais e os padrinhos, de acompanhar neste caminho de crescimento”, acrescentou o papa em uma missa realizada instantes antes de dirigir a habitual reza do Ângelus dominical a partir da Praça de São Pedro do Vaticano 

Fonte: Folha. Uol

Please follow and like us:

Você pode gostar também

Deixe uma resposta