Portugal: Governo Orienta População para Reservas Alimentares de Emergência

O CNPCE – Conselho Nacional de Planeamento Civil de Emergência, em Portugal, tem por missão assegurar o planeamento e coordenação das necessidades nacionais na área do planeamento civil de emergência, com vista a fazer face a situações de crise ou de guerra. (Lei Orgânica da Presidência do Conselho de Ministros – Decreto-Lei nº 202/2006, de 27 de Outubro, artigo 27º)

São objectivos do CNPCE:

a) Propor a Política Nacional de Planeamento Civil de Emergência (PCE);
b) Estabelecer planos e normas com vista a potenciar a resposta nacional a situações de crise e de guerra;
c) Coordenar as componentes e as capacidades não militares da Defesa Nacional e o apoio às Forças Armadas;
d) Contribuir, no âmbito do PCE, para a Gestão de Crises;
e) Promover as relações internacionais na área do PCE.

São atribuições do CNPCE:

a) Propor e coordenar a execução das políticas de Planeamento Civil de Emergência (PCE);
b) Garantir a disponibilidade dos meios e recursos que permitam cumprir os objectivos definidos no Artigo 3º, nomeadamente através da aplicação da Lei da Mobilização e Requisição;
c) Promover o levantamento e a análise e avaliação das capacidades e vulnerabilidades nacionais;
d) Orientar as entidades públicas e privadas para o reforço das capacidades nacionais através de medidas preventivas, de boas práticas e de planos que garantam uma resposta coordenada;
e) Acompanhar e preparar a resposta a situações que possam interferir com a gestão de crises na área do PCE, contribuindo para apoiar a decisão;
f) Garantir a cooperação internacional e contribuir no âmbito da OTAN, UE, ONU ou outros organismos congéneres, para a definição das políticas e doutrinas comuns de PCE;
g) Promover e ou participar nos exercícios e treinos de PCE e de gestão de crises.

Aviso do governo para os moradores

O governo está fazendo uma campanha de distribuição em locais públicos de normas e procedimentos para a estocagem de alimentos,  quando isto ocorre, é porque algo de grave está por acontecer, estes procedimentos são comuns quando uma guerra ou uma grande crise se aproxima.

Folhetos distribuídos

Como podemos ver, com certeza este programa não é em vão, nestes tempos que estamos vivendo, programas como este se tornará comum entre a população, algo está para acontecer, devemos também estar preparados para estas adversidades. não é em vão, nestes tempos que estamos vivendo, programas como este se tornará comum entre a população, algo está para acontecer, devemos também estar preparados para estas adversidades.

Fontes: Juizo Final

           CNPCE

Please follow and like us:

Você pode gostar também

Deixe uma resposta