Nova Ordem Mundial: Google planeja acabar com a internet nos EUA

 

Paul Joseph Watson
Prison Planet.com
Quinta-feira, 19 de agosto de 2010

O acordo para o fim da neutralidade da internet do Google com a Verizon é apenas o início dos planos do Google para exterminar a Internet aberta e livre como parte de sua agenda pública de aquisição para controlar completamente a world wide web e terminar de uma vez por todas os sites de mídia independente, rádios e programas de TV.
O acordo do Google com a Verizon para acelerar certos conteúdos da Internet aos usuários abre a porta para a esterilização completa da rede mundial de computadores como uma força de mudança política. Segundo o plano do Google, a internet se assemelharia a TV a cabo, vozes independentes seriam silenciadas e toda a Internet seria comprada por gigantes de mídia multi-nacionais.

As pessoas que quiserem manter um simples blog enfrentarão preços proibitivos, TV on-line e programas de rádio deixarão de existir enquanto a internet é engolida pela mídia corporativa.

A verdadeira neutralidade da internet significa que sites de mídia independente que atraem sua audiência divulgando a verdade podem competir competir de igual para igual com os gigantes corporativos, como a ABC, CBS e CNN. O pacto da Google com a Verizon irá acabar com esta igualdade e por sua vez, eliminar tudo o que está fora do mainstream.
“A Internet não-neutra significa que empresas como a AT&T, Comcast, Verizon e Google podem transformar a internet em TV a cabo e escolher os vencedores e perdedores do mundo online”, escreve Josh Silver. “Um problema apenas para os nerds da Internet? Muito pelo contrário. Todos os vídeos, rádio, telefone e outros serviços em breve serão entregues através de uma conexão Internet. Acabar com a neutralidade da internet acabaria com o potencial revolucionário de qualquer site pode funcionar como uma televisão ou uma rádio na rede. Isso significaria o fim da nossa oportunidade de arrancar o acesso ea distribuição de conteúdo de mídia de um punhado de corporações de mídia de massa que atualmente controlam a televisão e o rádio. “
O acordo também vai dividir a Internet em um sistema de duas camadas, um forma de pedágio digital, onde a velocidade e serviços satisfatórios podem apenas ser obtidos por aqueles dispostos a pagar taxas substanciais.
O pacto também dá ao Google e provedores de internet uma enorme margem para bloquear determinados sites em redes para celulares, ou seja, vários sites independentes, como este blog, seriam desligados para milhões de pessoas.
Uma vez que os críticos do Google forem silenciados para sempre a empresa poderá então levar a cabo a implementação de seus programa apoiado pela CIA de de conscientização total da informação, que irá vasculhar contas de Twitter, blogs e sites de todos os tipos de informações deixadas por usuários individuais, com o objetivo de utilizar esses dados para “prever o futuro” e dirigir e controlar completamente a vida e o comportamento das pessoas.
Eric Schmidt, o CEO do Google, anunciou que o Google, em conjunto com a CIA, está programado para se tornar um verdadeiro Big Brother e que a entidade “vai saber tanto sobre seus usuários que o site de busca será capaz de ajudá-los a planejar suas vidas” através do constante monitoramento de sua localização através dos celulares e dizendo-lhes para onde ir e o que fazer.
A muito tempo tem-se reportado as íntimas e longas conexões do Google com as redes de espionagem do governo americano.
Também não há dúvida de que o Google é uma das empresas na vanguarda do esforço do governo para usar a segurança cibernética como um pretexto para acabar com a Internet livre, tendo anteriormente trabalhado com a NSA e da CIA.
O recente escândalo com o Google no qual os veículos que tiram fotos para o google street acessavam os detalhes das redes wi-fi mapeando as atividades online levantou sérias questões sobre ligações do google com serviços de inteligência e sobre o abuso de leis de privacidade.
[Nota: Vamos ver quanto tempo levará para que um acordo equivalente seja feito para o Brasil.]
Referências:
Infowars: Google Plans To Kill Web In Internet Takeover Agenda
Google-Verizon Deal: The End of The Internet as We Know It
Telegraph: Young will have to change names to escape ‘cyber past’ warns Google’s Eric Schmidt
BBC: Google and Verizon outline vision for ‘open internet’
Tradução: http://www.anovaordemmundial.com/2010/08/google-planeja-acabar-com-internet-nos.htm
 Fonte: Juizo Final
Please follow and like us:

Você pode gostar também

2 thoughts on “Nova Ordem Mundial: Google planeja acabar com a internet nos EUA”

  1. Nao duvido muito que isso aconteca logo. A chapa ta esquentando :O Particularmente nao acho ruim nao. Quanto mais as coisas pioram, mas perto esta a vinda do Filho do Homem!!! Nosso amado Jesus Cristo!!!! Ora vem Senhor Jesus!!!

Deixe uma resposta