Nova Ordem Mundial: O Plano dos Illuminati Parte – 4

Carta Suprema Corte – A parte inferior da carta da “Suprema Corte” diz: Usando sua ação, a Suprema Corte pode cancelar a ação de qualquer outro grupo governamental. Sim, isso inclui grupos governamentais fora dos EUA. Não pergunte. Você não quererá saber.”
Observe o triângulo satânico com o Olho Que Tudo Vê na parte superior, supervisionando as ações da Suprema Corte. Jackson está nos dizendo que Suprema Corte age sob o olhar atento dos Illuminati. Lembra-se do presidente Franklin Roosevelt? Diversos programas-chave do seu New Deal foram barrados pela Suprema Corte durante os anos iniciais de seu governo, quando os juizes se mostraram mais conservadores do que o presidente. Irritado, Roosevelt ameaçou fazer o Congresso aprovar uma emenda constitucional que aumentaria o número de juizes na corte, permitindo-lhe indicar outros nomes de sua confiança.
Felizmente, os obstáculos constitucionais para aprovar tal emenda provaram-se intransponíveis, o que fez Roosevelt abandonar a idéia. Entretanto, os Illuminati aprenderam a lição; é preciso controlar os juizes para que a Suprema Corte marche em sincronia com os poderes executivo e legislativo. Uma vez que os juizes da Suprema Corte têm cargo vitalício, essa transição para uma corte iluminista demorou. No entanto, à época em que os presidentes iluministas Truman e Eisenhower cumpriram seus mandatos, já haviam ocorrido mudanças suficientes para os Illuminati dominarem a Suprema Corte. Eles a controlam hoje.
Os Illuminati perceberam que o sistema jurídico detém um grande potencial para criar mudanças maciças de paradigma nas atitudes por meio de sua capacidade de criar novas leis simplesmente por édito! Já que todos sabem que os juizes da Suprema Corte têm cargos vitalícios, a revolta contra alguma decisão específica é muito mais tímida do que contra o Congresso ou contra o presidente. As pessoas sabem que “elegeram” os presidentes e senadores e, portanto, estão muito mais aptas a se manifestar contra eles do que contra os juizes.
Tremendas mudanças ocorreram como resultado de sentenças judiciais em geral e de sentenças da Suprema Corte especificamente. Vamos relacionar apenas três dessas terríveis decisões que mudaram tanto os valores e atitudes dos americanos que hoje estamos prontos para entrar na satânica Nova Ordem Mundial:
* 1963 – ABINGTON SCHOOL DIST. versus SCHEMPP, 374 U.S. 203 (1963) – “Devido à proibição da Primeira Emenda contra a elaboração, por parte do Congresso, de qualquer lei ‘referente ao estabelecimento de uma religião’, que se torna aplicável aos Estados pela Décima Quarta Emenda, nenhuma lei estadual ou de conselho escolar pode exigir a leitura de passagens da Bíblia ou a oração do Pai Nosso nas escolas públicas de um Estado no início do dia letivo, mesmo que os alunos possam ser dispensados de presenciar ou participar de tais práticas por meio de um solicitação escrita de seus pais. Pg. 205-227.”
A leitura da Palavra de Deus foi proibida nas escolas públicas.
* 1973 – ROE versus WADE, 410 U.S. 113 (1973) (USSC+) – “A Corte declara os estatutos sobre o aborto inválidos por serem vagos e por infringirem os direitos da Nona e Décima Quarta Emendas do requerente. A corte declara que a queixa é injustificável.”
Os juizes declararam que o aborto é legal nos EUA, uma decisão mais sombria do que o abismo do Inferno! Posteriormente, outras decisões abriram a porta dessa prática anteriormente proibida para incluir o aborto sob demanda. De 1963 a 2003, os EUA mataram mais de 42 milhões de bebês! Além disso, os EUA exportaram essa prática para diversos países de todo o mundo.
Lembre-se que, aos olhos de um satanista, os bebês abortados são a forma mais sublime possível de sacrifício humano, pois tira a vida dentro do útero.
* 2003 – LAWRENCE et al versus TEXAS, pedido de esclarecimento à corte de apelação do Texas, Décimo Quarto Distrito, Número 02-102. Debatido em 26 de março de 2003 – Julgado em 26 de junho de 2003. “Veredicto: A legislação do Texas de tornar um crime duas pessoas do mesmo sexo se envolverem em determinadas condutas sexuais íntimas viola a Cláusula do Processo de Obrigação. Pp. 3-18.”
Em uma simples ação, a Suprema Corte legalizou a sodomia em todo o país, posicionando, dessa forma, os EUA inteiramente na mira do julgamento físico aniquilador de Deus. No artigo NEWS1830 (não traduzido), demonstramos biblicamente que o julgamento de Deus sobre os EUA já se tornou inevitável e deverá ser tão aniquilador quanto a descrição da destruição da Babilônia econômica de Apocalipse 18.
Portanto, você pode ver que a Suprema Corte atuou sob o olhar dos Illuminati, exatamente como a carta do jogo INWO demonstra. Considere os anos:
* 1963 – Excluiu a Palavra de Deus das escolas públicas.
* 1973 – Legalizou o aborto e preparou o terreno para o aborto sob demanda, resultando na morte de cerca de 42 milhões de bebês.
* 2003 – Legalizou a sodomia, completando, dessa forma, a rebelião nacional contra Deus.
Steve Jackson compreende a “suprema” importância que a Suprema Corte tem no plano para derrubar a Antiga Ordem de modo que a Nova Ordem Mundial possa ser estabelecida e o “homem do pecado” – o Anticristo – possa aparecer no cenário mundial. 
Carta Controle de Armas – A parte inferior da carta diz: “Aumente o Poder de todos os Grupos Violentos do Governo em 3. Aumente o Poder de todos os Grupos Criminosos em 1.”
Steve Jackson está discretamente comunicando um fator muito importante. Historicamente, o controle de armas tornou muito mais fácil para um governo tornar-se mais violento na maneira como trata seus cidadãos; de fato, a primeira ação que uma nova ditadura adota é tomar todas as armas da população. Tanto Lênin quanto Hitler tomaram as armas individuais sob a mesma falsa premissa de que estavam “aumentando a segurança” dos cidadãos; a realidade é que tornaram seus cidadãos mais indefesos diante de uma ditadura brutal. O autor da Nova Era, Bill Cooper, tem coisas muito pertinentes a dizer sobre esse assunto:
“O governo incentiva a produção e importação de armas de fogo militares para os criminosos usarem. A intenção é estimular um sentimento de insegurança que leve a população americana a voluntariamente desarmar-se por meio da aprovação de leis contra o porte de armas. Usando drogas e hipnose em pacientes mentais em um processo chamado Orion, a CIA inculcou nessas pessoas o desejo de atirar contra as escolas e, assim, inflamou o lobby anti-armas… A classe média está implorando que o governo anule a Segunda Emenda. Nota do autor: Percebi que esses eventos têm, de fato, acontecido no país inteiro. Em cada ocorrência que investiguei – a escola feminina no Canadá, o shopping center no Canadá, o massacre em Stockton, na Califórnia, o assassinato do rabino Meir Kahane – os atiradores eram todos ex-pacientes ou pacientes mentais e TODOS ESTAVAM TOMANDO A DROGA PROZAC! Essa droga, quando tomada em certas doses, aumenta o nível de serotonina do paciente, gerando uma violência extrema. Combine isso com uma sugestão ou controle pós-hipnótico por meio de um implante eletrônico no cérebro, ou com a intrusão de microondas ou E. L. F. (freqüência extremamente baixa), e você terá um assassinato em massa, terminando em todos os casos com o suicídio do perpetrador.” [Behold a Pale Horse, pg 225, ênfase no original
Eu poderia prosseguir indefinidamente, mas você entendeu o recado. Nas últimas duas ou três décadas, os EUA foram varridos por assassinatos em massa, porém agora você sabe que os Illuminati planejaram isso de modo a enfraquecerem a Antiga Ordem e trazerem à tona a Nova Ordem Mundial.

 

Please follow and like us:

Você pode gostar também

2 thoughts on “Nova Ordem Mundial: O Plano dos Illuminati Parte – 4”

  1. no Brasil em 2003 foi feito um referendo contra ou afvro do desarmamento e comercialização de armas de fogo.
    Este referendo muitas pessoas votaram contra, isso inplicou em leis sobre porte e uso de armas.
    Praticamente fizeram issso no Brasil desarmar à população sendo que muitas arm,as de fogos estão em posse de guerrilhas e bandidos.

Deixe uma resposta