Nova Ordem Mundial: O Plano dos Illuminati Parte – 6

Carta Fusões Bancárias – Quando a fusão sem precedentes de bancos começou a ocorrer no final dos anos 80, prosseguindo durante toda a década de 90, eu soube que o plano da Nova Ordem Mundial estava em ação. A meta econômica final da Nova Ordem Mundial é o fascismo. Existem três formas de economia no mundo: capitalismo, comunismo e fascismo.
* Capitalismo é o tipo de economia em que os indivíduos detêm os meios de produção, ou seja, as fábricas e as minas. As empresas fundadas por esses indivíduos concorrem entre si no mercado. Ninguém diz aos proprietários o que produzir, ou quanto produzir, ou quanto cobrar. Basicamente, é a concorrência que determina os preços, e a atenção cuidadosa às necessidades e desejos das pessoas que vivem nesse tipo de economia determina o quanto deve ser produzido. O capitalismo pode ter suas falhas, mas proporcionou o mais elevado padrão de vida da história para os seus cidadãos.
* Comunismo é o tipo de economia em que o Estado detém os meios de produção. O governo diz às empresas o que produzir, quando produzir e quanto podem cobrar. Esse tipo de controle é supostamente exercido de acordo com os interesses da população, para garantir que ela seja tratada de forma “justa”. Entretanto, a história demonstrou que o comunismo não funciona; ao contrário, proporciona as mais miseráveis condições de vida para seus cidadãos.
* Fascismo era o sistema econômico da Alemanha nazista, da Itália nacional-socialista e do Japão imperial. Hoje, somente o Japão mantém esse sistema. No fascismo, os indivíduos retêm o controle sobre os meios de produção, garantindo, dessa forma, que o elemento-chave que faz o capitalismo funcionar tão bem esteja presente. Entretanto, o governo intervém para controlar quanto é produzido de cada item, quantos concorrentes podem produzir o mesmo item e quanto pode ser cobrado. Portanto, o potencial para o maior benefício reside na economia fascista! As experiências na Alemanha nazista e no Japão imperial provaram que o fascismo funciona. Vimos que a coordenação adequada entre governo e capitalismo efetivamente funciona.
A economia planejada para a Nova Ordem Mundial é fascista; assim sendo, os barões privados da indústria ocidental estão extremamente ansiosos que esse novo sistema entre em funcionamento, para que possam começar a colher os frutos dos lucros tremendamente aumentados. Já que um governo fascista regula rigidamente quantos concorrentes podem fabricar o mesmo produto, o número de empresas diminuirá muito. Por exemplo, poderão existir apenas um ou dois fabricantes de automóveis em todo o mundo! Assim sendo, no “período preparatório” que levará ao reinado do Anticristo, faz sentido que o processo de apenas umas poucas empresas produzirem o mesmo tipo de produto ou oferecerem o mesmo tipo de serviço comece voluntariamente por meio das fusões, incorporações e até mesmo falências! Esta carta da fusão bancária é um acréscimo perfeito ao jogo de cartas INWO.
Carta Manipulação do Mercado – A parte inferior diz: “Esta carta pode ser usada a qualquer momento. Remova as fichas de Ação de qualquer grupo Corporativo (caso queira) e qualquer ou todos os grupos Bancos. Isso não conta como uma ação.”
Verdadeiramente, o mercado acionário está sendo manipulado. Os planejadores da Nova Ordem Mundial definitivamente têm um colapso econômico global planejado que os ajudará tremendamente a trazer seu Cristo maçônico ao cenário mundial. Permita-nos examinar uma citação interessante do autor cristão de Nova Era, Bill Cooper:
“… descobriu-se que a economia obedece às mesmas leis que a eletricidade, e que toda a teoria e prática matemáticas e toda a experiência com computadores desenvolvida no campo eletrônico podem ser diretamente aplicadas ao estudo da economia… a vida humana é avaliada em dólares… os recipiendários tornam-se propriedade do estado… aqueles que ficam viciados na droga econômica devem procurar a elite em busca da recuperação. Aqui, o método de introduzir grandes quantias de capacitância estabilizadora é feito emprestando-se o futuro ‘crédito’ do mundo. Isso… consiste em executar uma ação e abandonar o sistema antes que a reação reflexa retorne ao ponto de ação – uma reação adiada. O meio de sobreviver à reação é mudar o sistema antes que a reação possa começar… e a faísca elétrica gerada quando se aciona um interruptor conectado a um indutor ativo é matematicamente análoga à deflagração de uma guerra.” [Behold a Pale Horse, pg 45
Assim que os Illuminati compreenderam que a economia age diante de um estímulo da mesma forma que um circuito elétrico, começaram a planejar primeiro como construir essa economia e depois destruí-la para apavorar tanto as pessoas que elas aceitem a intervenção “sobrenatural” do Cristo. Veja, antes das dívidas acumuladas dos consumidores e dos países chegarem ao ponto de colapso absoluto, a Terceira Guerra Mundial está programada para acontecer, análoga ao “acionamento de um interruptor conectado a um indutor ativo”. Do meio da fumaça, poeira e destruição dessa guerra, o Anticristo surgirá caminhando, apresentando-se como a figura religiosa messiânica que tantas religiões estão esperando, e apresentando-se como o “Messias econômico” que colocará ordem na nova economia global. Nesse modelo, a deflagração de uma guerra é comparável ao acionamento de um interruptor para permitir que a corrente elétrica flua para um indutor ativo.
Essa é uma das razões por que a Terceira Guerra Mundial precisará ser deflagrada; nossa carga de débitos atingiu um nível que não pode mais ser suportado. Como uma guerra mundial ajuda a aliviar a carga de débito? Cooper novamente explica o raciocínio dos Illuminati:
“Eles precisarão eventualmente recorrer à guerra para ‘equilibrar as contas’, pois a guerra, em última instância, é simplesmente o ato de destruir o credor… Já que a maioria do público em geral não exercerá moderação, há apenas duas alternativas para reduzir a ‘indução econômica’ do sistema. 1) Deixar a população golpear-se mutuamente até à morte em uma guerra, o que apenas resultaria na destruição total da vida na Terra; ou 2) Apoderar-se do mundo por meio do uso de ‘armas econômicas silenciosas’ numa espécie de ‘guerra silenciosa’ e reduzir a indução econômica do mundo a um nível seguro por meio do processo de escravidão e genocídio benevolentes.”
Assim sendo, quando a Terceira Guerra Mundial ocorrer, você saberá que a “conta” estará meramente sendo equilibrada por meio de um “processo de escravidão e genocídio benevolentes”. Esse é o raciocínio dos Illuminati!
Muito embora os mercados financeiros existentes em todo o mundo sofrerão um colapso durante a Terceira Guerra Mundial, o período de tempo do colapso será curto o suficiente para que, quando o Anticristo aparecer, a confiança nele e em seu programa de governo seja suficientemente forte para que ele e os banqueiros internacionais possam ressuscitar uma economia global baseada em uma moeda global.
O ex-satanista Doc Marquis me disse que os Illuminati concluíram que o povo americano jamais aceitaria o reinado do Anticristo a não ser que se sentisse próspero até imediatamente antes da Terceira Guerra Mundial. Então, assim que o Anticristo entrar no cenário mundial, os americanos o apoiarão entusiasticamente conforme ele prometer restaurar sua riqueza! Marquis disse que os Illuminati estavam tão determinados a manter as Bolsas de Valores norte-americanas em alta que chegariam ao extremo de utilizar a mais poderosa feitiçaria do mundo para mantê-las em alta. A quebra das Bolsas de Valores só poderá ocorrer no momento exato em que a guerra política estiver para acontecer; além disso, as religiões do mundo também deverão estar no ponto em que um líder carismático, apoiado pelo Falso Profeta religioso, possa levar o mundo a um sistema religioso unificado. Assim que as situações política e religiosa estiverem no ponto certo, o colapso das Bolsas de Valores será de fato provocado e terá “surgido do nada” para a maioria dos investidores.
Com os Illuminati tão determinados a evitar que as Bolsas de Valores entrem em colapso prematuramente, antes que as outras áreas estejam prontas, você pode ver o quanto eles controlam o mercado. Verdadeiramente, o simbolismo da carta está correto: o poder dos Illuminati é muito maior que todo o dinheiro e demais ativos do mercado juntos! O detalhe mais interessante dessa carta é que o Olho Que Tudo Vê iluminista aparece dentro de uma pirâmide que é mais pesada que todo o dinheiro no mercado! Observe que o prato da balança em que está a pirâmide é mais pesado que todo o dinheiro que está no outro prato.
Acredito que estamos testemunhando o ponto em que todas as três principais áreas estão prontas para entrar em ação ao mesmo tempo. Os mercados estão patinando no gelo fino; a política parece quase pronta para provocar a deflagração da Terceira Guerra Mundial; O Anticristo parece estar muito próximo.

Please follow and like us:

Você pode gostar também

Deixe uma resposta