23 fevereiro 2015

Guerra a Vista? Líder da Coreia do Norte pede que Exército se prepare para guerra

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, pediu ao Exército que esteja "totalmente preparado" para a guerra. O pedido foi feito em reunião do Partido dos Trabalhadores, informou hoje (23) a agência oficial KCNA.

O então líder norte-coreano Kim Jong Il, à esq., caminha com o filho Kim Jong Un, à dir., enquanto assistem à marcha comemorativa na Coreia do Norte (2010)

Kim Jong-un fez discurso na primeira reunião, em dez meses, da Comissão Militar Central do partido único, no qual afirmou que a situação de segurança é “mais grave do que nunca” tanto na Coreia do Norte quanto no estrangeiro, segundo a KCNA.

22 fevereiro 2015

"A CIA e Mossad estão por trás do Estado Islâmico"

O Presidente sudanês Omar Hassan al-Bashir, acusou os serviços de inteligência dos EUA e de Israel de estarem por trás de organizações terroristas e criticou a forma como se está enfrentando o problema em torno o Estado Islâmico.
"O grupo Estado Islâmico surgiu de repente, com os meios que só podem permitir os Estados. E nos perguntamos: De onde vêm esses recursos? Quem está por trás dessas organizações?", disse o presidente do Sudão, em entrevista exclusiva a Euronews.
O presidente insistiu que as ações do grupo terrorista "são brutais e é uma afronta ao Islã, distorcendo a imagem do Islã".

GOOGLE: O FBI QUER HACKEAR TODOS OS COMPUTADORES DO MUNDO


O gigante norte-americano Google, alertou contra o aumento da capacidade do governo dos EUA para se infiltrar em sistemas de computadores em todo o mundo, e garante que acarretará em problemas constitucionais "monumentais".

O Google divulgou uma declaração forte contra a proposta do Departamento de Justiça americano para facilitar os tribunais a emitirem ordens para apreender dados eletrônicos "remotamente" em qualquer lugar do mundo.

Os esforços no sentido de alterar as regulações federais, atualmente codificados em uma disposição do governo conhecido como "Regra 41" levantam uma série de problemas monumentais e de grande complexidade constitucional, legal e geopolítico cuja decisão deve ser deixada para o Congresso", escreveu Richard Salgado, Diretor de Aplicação da Lei e Segurança da Informação do Google.

"Criamos o Estado islâmico com financiamento de nossos aliados"

Um general norte-americano aposentado reconheceu que os aliados dos EUA criaram o Estado Islâmico para fazer frente ao movimento de resistência libanês Hezbollah.

Wesley Clark, que era o comandante supremo aliado na Europa de 1997 a 2000, fez estas declarações nesta terça-feira em uma entrevista na CNN.
"O Estado Islâmico começou através do financiamento de nossos amigos e aliados", confessou.

"Se você precisa de alguém que vai lutar até a morte contra o Hezbollah procure fanáticos e fundamentalistas. Só eles podem lidar com o Hezbollah", disse ele.
O general não especificou quais aliados estavam envolvidos na criação do Estado islâmico.

“Os EUA quer uma guerra sem pensar que a Rússia pode responder"

Legisladores norte-americanos que estão promovendo o fornecimento de armas para a Ucrânia não consideram as consequências catastróficas de tal decisão, incluindo uma provável reação de Moscou, dizem alguns especialistas.

"Não há dúvida de que esta é uma ferramenta de guerra meditada contra a Rússia", disse Eugene Rumer, diretor de programas para o estudo da Rússia e da Eurásia, do fundo Carnegie para a paz internacional, entrevistado pelo Sputnik.

17 fevereiro 2015

A OTAN acorda criar uma força militar de reação rápida contra a Rússia

(30-08-2014) Sete membros da OTAN tentam formar uma divisão militar universal de 10.000 soldados capazes de um deslocamento rápido em qualquer operação terrestre, naval ou aérea. O objetivo da unidade seria conter a Rússia, segundo o “Financial Times“.
O Reino Unido assumiria a liderança da nova unidade, informa o “Financial Times”. Os demais países participantes são Dinamarca, Letônia, Estônia, Lituânia, Noruega e Países Baixos, enquanto o Canadá expressou sua intenção de unir-se a este bloco. O primeiro ministro do Reino Unido, David Cameron, comentou que o anúncio oficial está planejado para a cumbre da OTAN em Gales em 4-5 de setembro.

12 fevereiro 2015

Psiquiatra afirma que a pedofilia “não é uma doença, senão uma tendência sexual”

02-02-2015) O psiquiatra José Miguel Gaona explicou, a raíz da última operação contra uma rede de pedofilia que pretendia atuar em Madrid, que a pedofilia possui mais relação com os valores e com o trato aos demais e que há quem pretende tirá-la da lista de doenças psiquiátricas.

“É verdade que aparecem mais casos de pedofilia em homens, embora em mulheres passa mais desapercebido. Um dos maiores erros é acreditar que seja uma doença quando na realidade é uma tendência sexual“, explicava o psiquiatra Jose Miguel Gaona numa entrevista de rádio em Cadena Cope.